Respeito Sim! Tolerância Não!

Neste lugar estão aqueles que não aceitam a tolerância em quaisquer tipos de escolhas, de opções, de sexualidade, de religiosidade, de naturezas.

Este é o movimento dos “basta!”, “chega!” e “não!”.

Basta de falsa paz, de falsa aceitação. Basta de hipocrisia e de medo.

Chega de falsidade, de olhares tortos. Chega de querer que todos tenham as mesmas escolhas e os mesmos caminhos.

Não à convivência forçada, não ao moralismo pobre. Não ao individualismo e ao preconceito.

Aqui estão os que rejeitam a tolerância, pois ela é o limite da coexistência. É o fósforo próximo à pólvora. O punho cerrado frente às diferenças.

Por isso, não queremos ser tolerados.

Exigimos RESPEITO.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Mãe Neusa de Lodê


Na casa de Mãe Neusa de Lodê Pedro de Oxum conversou com os irmãos africanistas e expôs a necessidade de representação da nossa religião. Precisamos de representatividade nos fóruns de discussões, para que não venhamos a sofrer novamente os mesmos tipos de perseguições que nossos antepassados sofreram.
Somamos um grande número de adeptos às religiões afro-umbandistas, mas se permanecermos a mercê das decisões políticas que se encontram centradas nas mãos de poucos, que desconhecem ou repudiam nossa Fé, estamos deixando à vontade deles e criação e manutenção das leis que, um dia, ao invés de nos proteger podem vir a nos atacar.
Agradecemos o apoio e carinho da casa de Mãe Neusa

Mãe Karen de Oxalá


Um final de semana corrido, com muitas obrigações, muitos irmãos tocando para seus orixás. Mesmo assim, o movimento Liberdade Religiosa não deixou de prestigiar os irmãos. Assim, estivemos também na casa de Mãe Karen de Oxalá no município de Viamão. Onde fomos recebidos de maneira tão acolhedoura por Mãe Karen e sua gôa.

Pai Ricardo de Oxum


Pai Ricardo de Oxum esteve de obrigação e o movimento Liberdade Religiosa marcou presença na casa de Pai Ricardo.
Agradecemos o carinho com que fomos recebidos e desejamos à todos um bom Axé.

Mãe Marly de Oyá




Pedro de Oxum esteve presente na festa de Exu oferecida por Mãe Marly de Oyá. Agradecemos a acolhida em tão bela recepção.

terça-feira, 22 de junho de 2010

Entrega de agasalhos na SPAAN


Nas religiões africanistas os mais velhos são muito importantes. Nutre-se um respeito imenso aos mais velhos, pois são estes detentores de maior conhecimento pelos anos vividos. De todas suas vivências, de todos os caminhos percorridos, acumulam sabedoria para guiar os passos daqueles que ainda tem muito a percorrer. Por isso, dentro das casas de religião, se aprende desde cedo a respeitar os mais velhos. É com respeito e carinho que reconhecemos a história destas pessoas que conhecem mais que nós.


Dentro desta perspectiva de reconhecimento aos que vieram antes de nós, Pedro de Oxum, Babalorixá do culto africanista e o Ilê Oxum Docô realizaram a campanha do agasalho 2010. A partir desta iniciativa foram recolhidas mais de duzentas peças de roupa, as quais foram doadas à Sociedade Porto-Alegrense de Auxílio aos Necessitados (SPAAN), um lar que acolhe idosos carentes em Porto Alegre e está sempre precisando de ajuda.


A entrega das doações foi feita pelo próprio Babalorixá, num ato de carinho e respeito para com os idosos de nossa terra. A ocasião foi repleta de emoções, Pedro se emocionou ao constatar que tantos idosos se encontrem esquecidos, abandonados pelas famílias, e necessitam de tão pouco para se alegrarem. E é esta situação de abandono que queremos evitar, ensinando aos mais jovens o valor que tem nossos idosos.


Mostrar que os veteranos tem muito a ensinar, não só por conhecerem a história mas também por fazerem parte dela.


quinta-feira, 17 de junho de 2010

Liberdade religiosa , registra momentos de beleza, fé e religiosidade.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

video

Dia 13 de junho de 2010, obrigação religiosa na

Casa de Pai Paulinho de Xoroquê, que apóia a causa da Liberdade Religiosa.

A acolhida em Capão da Canoa


Em Capão da Canoa o movimento Liberdade Religiosa foi recebido na casa de Mãe Nóris de Ogum. A casa esteve repleta de irmãos de fé, onde se percebia a esperança no olhar de cada irmão. A esperança de poder cultuar seus guias e orixás com tranquilidade, com a dignidade que nos é garantida pela constituição, mas que nem sempre é respeitada de fato.

Nossa caminhada é árdua e pesarosa, mas mesmo assim, não desanimamos. Não nos daremos por vencidos enquanto a Liberdade Religiosa não for verdadeiramente respeitada.

Com o apoio de todos os irmãos, vamos conseguir chegar ao final desta batalha social, em que o maior prêmio não será nosso, e sim dos nossos Guias e Orixás. Garantindo à eles o direito de serem cultuados como deve ser, com o amor daqueles que os cultuam e o respeito daqueles que os desconhecem.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Litoral pela Liberdade Religiosa




O feriado foi especialmente proveitoso para a equipe do movimento Liberdade Religiosa. Munidos de muita garra e fé, o movimento foi até o litoral visitar as casas de religião de Tramandaí, Capão da Canoa, Imbé e Nova Tramandaí, onde fomos abraçados por uma forte energia que liga todos os irmãos de fé.

Pedro de Oxum agradece o convite dos irmãos e o carinho com que foi recebido.


http://picasaweb.google.com/109622596678444826861/Litoral##

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Nova Petrópolis e a liberdade religiosa



Na incessante luta por respeito a nossa religião, o movimento Liberdade Religiosa subiu a serra gaúcha e foi até Nova Petrópolis. Imbuídos do desejo de liberdade e respeito, os irmãos da Tenda Ogum Xoroquê receberam Pedro de Oxum Docô e a equipe do movimento com muito carinho.


Durante a palestra Pedro relembrou a Primeira e Segunda Guerra Mundial que levaram a migração dos alemães para a região, conflitos europeus impulsionados pela intolerância e desrespeito à diversidade cultural. O que não difere daquilo que vem se apresentando, de maneira cada vez mais incisiva, contra as manifestações de fé afro-brasileira.


Na ocasião Pedro de Oxum foi homenageado com uma belíssima placa de reconhecimento por toda sua dedicação à religião afro-brasileira. "precisamos realmente de alguém que se dedique a lutar em favor de nossa religião", destacou Pai Carlos, dirigente da Tenda, ao se declarar apoiador de Pedro de Oxum em sua luta em prol da Liberdade Religiosa. O apoio que o movimento vem recebendo, de maneira significativa, das casas visitadas é de grande importância para que a nossa causa seja levada a diante. Agradecemos a todos que vem nos apoiando.




http://picasaweb.google.com/109622596678444826861

terça-feira, 1 de junho de 2010

Liberdade Religiosa - Na Estrada

Estamos na estrada indo para Nova Petrópolis em uma reunião sobre a nossa causa! No carro Pedro de Oxum Docô, Nenê de Oxum Docô, Cesinha de Oxalá e eu. Estamos conversando os problemas que estão na nossa volta. Hoje uma irmã nossa, nos relatou que em uma das mesas do Mercado Público de Porto Alegre, um casal conversava: "então você acha que devo atacar os batuqueiros por essa linha da vigilância sanitária?". Poi´s é pessoal, o cerco está apertando. Não vamos ficar parados.

Aos irmãos de Alvorada


Pedro de Oxum agradece a acolhida e o imenso carinho com que foi recebido na cidade de Alvorada no dia trinta e um de maio. Ele foirecebido na casa de Mãe Mágda de Oyá,onde trou-se de Liberdade Religiosa, um tema que vem sendo discutido nas comunidades de religião e que Pedro defende há muito tempo, "durante um longo período nossa religião vem sendo ocultada, está na hora de deixarmos de fazer a religião em silêncio e de nos escondermos".

Casa de Pai Rogério do Cigano



Na casa de Pai Rogério do Cigano, Pedro de Oxum foi recebido com uma belíssima gira de ciganos. Pai Pedro agradece a oportunidade de estar entre os irmãos de fé de Alvorada.

Na casa de pai Dirceu de Ogum, o babalorixá africanista Pedro de Oxum Docô ouviu as necessidades que vem se apresentando ao povo de religião da cidade de Alvorada. Pedro agradece o apoio e a hospitalidade de Pai Dirceu.





Na noite de trinta e um de maio Pedro de Oxum visitou também a casa de Mãe Mariazinha e Pai Dirceu da cidade de Alvorada, onde teve a oportunidade de debater mais uma vez o tema Liberdade Religiosa. Pai Pedro agradece à todos os irmãos que estiveram presentes.

http://picasaweb.google.com/109622596678444826861